quinta-feira, 24 de maio de 2018

Cair

Às vezes a gente cai. Mas nem todo tombo é literal.
Às vezes tudo desmorona. Então a confusão se instala,
nos deixa estupefatos e sem entender como fomos parar ali.

Mas nem todo tombo é ruim.
As vezes precisamos dele para aprender a parar.
Para enxergar de outro ângulo.
Conhecer novas perspectivas.
Parar e ver, o que não tínhamos tempo.

Aos poucos a poeira baixa. Hora de levantar.
E pior do que cair é não ter apoio para se reerguer.
Fortaleça sua base. Construa apoios ao longo da vida.
Crie laços de força.

Nunca sabemos quando vamos cair.
E ter quem te segura, quem se faz apoio para te ver em pé, 
rocha para te proteger.
Força para que tenha seu momento de fraqueza.
É o que muda toda a história.

Para encontrar nosso caminho, a gente precisa se perder primeiro.
Não tenha medo!
Somos a soma do que fomos.
O prelúdio do que queremos ser.
A incógnita do que vamos ser.

Resultado de imagem para ajudar a levantar

segunda-feira, 16 de abril de 2018

Não fez por onde

Um dia achei que você fosse minha vida.
E olha, que antes de você vive vários anos.

Mas então você chegou!
Deu cores novas ao cinza da minha existência.
Apresentou novas perspectivas.
E achei que sem você, não seria mais capaz de viver.

Você me apontou qualidades.
Entendeu meus defeitos.
Fez das minhas fraquezas uma força que não sabia que tinha.

Me fez querer viver para estar ao seu lado.
Me fez achar que você, era o que de melhor existia.
Alguém com quem eu podia ser minha melhor e pior versão.

Eu dormi e sonhei com você.
Depois de uma semana cansativa foi no seu abraço que meu peito
encontrou descanso. Você me fez sorrir. Fazer planos.

Me fez achar que minha vida toda, era só você.
Mas então você cresceu. E meus cortes tortos não encaixavam mais nos seus.

Você me confundiu. Me falou A e fez B.
Com uma mão me afagava, e com sua ausência me matava pouco a pouco.

Eu cai. Eu não entendi nada.
Nadei contra a maré. Corri sem rumo.
Quis te achar a todo custo.

Mas você sumiu. Levou minha vida.
Meu sorriso. Meus sonhos. Meu amor.
Me partiu em trilhões de pedaços.
Me fez achar que era minha vida, mas não foi.

Não fez questão. Não fez por onde.

Imagem relacionada


sexta-feira, 2 de março de 2018

Tudo é passageiro.
A vida anda a passos largos, 10 anos se passam em um piscar de olhos,
crescemos na marra, ainda no andar da carroça, entre um passo e outro.

No soprar de novos ares as prioridades mudam, assim como a direção,
os passos antes apressados e desesperados para alcançar o topo da montanha
aprendem a caminhar com mais calma, os calos apertam, as feridas tornam tudo
diferente, até as texturas se modificam e então aprendemos a observar com mais
atenção cada um dos detalhes que antes passavam despercebidos, o caminhar ensina.

Quando tudo se mostra calmo, o caminho parece acertado, o vento sopra e esvoaça
os cabelos, o ritmo se mostra perfeito, fechamos os olhos para curtir o caminho e
numa fração de segundo alguma adversidade aparece colocando tudo de pernas para
o ar, nos tira do rumo, bagunça nosso foco e exige de nós mudanças drásticas, sutis decisões
que mudam tudo!

A vida é cheia de perdas e ganhos, depende do ângulo que se observa.
Hoje o cabelo se vai, as gotas de suor escorrem na testa exposta ao sol escaldante,
mas a noite reserva um céu estrelado. A medida que o corpo cansado relaxa na cama
o sabor de dever cumprido adoça a boca. Não sabemos o que o amanhã nos reserva,
nem se vamos chegar onde queremos, pois o caminhar modifica o caminho.
A vida é passageira. Então decida você, se é passageiro ou motorista dessa tão
breve viagem, que é viver.


Resultado de imagem para caminhando

terça-feira, 7 de novembro de 2017

O começo do fim

A grade separava nossos corpos.
Foi assim o último abraço nosso que me lembro.
Por cima de um portão baixinho. Já era noite. Você tava animado.
Chegou sorrindo. Me contando detalhes da última aventura.
Nem parecia que havíamos passado os dois últimos dias juntos.

Conversamos uns 15 minutos. ali no escuro mesmo.
Eu do lado de dentro do portão e você do lado de fora. Era coisa rápida.
Nos abraçamos e nos despedimos umas 3x.
Mas acabávamos atando a falar novamente.
E o papo reascendia.

Seu sorriso lindo brilhava mesmo na penumbra. Você precisava ir. 
Já era tarde. Ali por cima da grade se esticou (sem grande dificuldade).
E envolveu meu corpo com seus braços. Me abraçou forte.
Instantes depois nossas respirações entraram em uma incrível sincronia.

Queria ficar no seu abraço para sempre!

E quase que como quem conta um segredo te disse no pé do ouvido:
"odeio quando vai embora". Você então afundou seu rosto no meu pescoço.
Apertou ainda mais o abraço (como se fosse possível).
E disse baixinho: "mas eu sempre volto, né!?".

Éramos um só. E ainda dois.
Te beijei o rosto. Você bagunçou meu cabelo. Saiu rindo alto.
Fazendo piada, como de costume. Entrou no carro.
Queria sair pelo portão e te fazer ficar.
E com a mão para fora da janela foi embora acenando.

Só que nunca mais voltou.

Nosso adeus começou nesse dia. Terminou naquele abraço.

Resultado de imagem para despedida




quarta-feira, 10 de maio de 2017

E você

Eu já escrevi seu nome ao lado do meu tantas vezes. E você nem soube.
Te imaginei na minha vida para sempre. Mas você partiu e sequer olhou para trás.

Te observei em silêncio para gravar cada detalhe na memória,
e você nem notou como meus olhos brilhavam ao te ver.

Eu chorei todas as noites desde o nosso último encontro. Não entendi, não aceitei.
e você nem sonhou com isso, não se arrependeu. Foi fácil demais.

Eu te amei de uma forma alucinada.
Mudei, me reinventei, me desconstrui, para então me reconstruir.
E então dar certo com cada encaixe seu. E você nem se importou.

Era você e eu,
não tinha nós,
nem voz

e fim!

Resultado de imagem para separados

terça-feira, 4 de abril de 2017

Te amar

Te amar foi tão fácil,
olhando em seus olhos castanhos eu era capaz de esquecer o resto do mundo.
Seu toque sutil arrepiava meu corpo. Seu abraço me aqueceu.
Me segurou quando o mundo me fez fraca e quis me derrubar.
Você se fez base, pilastra, sustentação e manteve minha
estrutura fragilizada em pé, em meio ao caos.

Te amar foi tão fácil,
quando da noite para o dia, meu mundo viro de pernas para o ar.
Perdi o rumo, o foco, perdi a mim. Mas a cada dia, a cada palavra de apoio
você me ajudou a achar um caminho novo. Se fez recomeço, me fez descobrir
tantas coisas sobre o mundo, tantas coisas sobre mim.

Te amar foi tão fácil,
mas você só esqueceu de me ensinar a viver sem você.
Um dia você cresceu, virou a página, a escapou por entre meus dedos.
Quanto mais força eu fazia para te segurar, mais rápido você escorria pelo vão
dos meus dedo, como areia fina.

Te amar foi tão fácil,
te amar se tornou a coisa mais difícil!

Resultado de imagem para amar é dificil

quinta-feira, 9 de março de 2017

a.i.n.d.a.

Ainda me pego olhando nossas fotos. São tantas.
Você não curtia muito tirar foto, na maioria delas você tá com sua cara tímida.
Mas você sabia do meu gosto pela fotografia, e entrava na minha piração comigo,
entre nossas brincadeiras registrei tantos momentos nossos, tantos sorrisos seus.

Você me fez sorrir quando mundo só me fazia chorar.

Ainda me pego lembrando de todas as coisas que tanto conversamos ao longo dos anos,
caramba, não tinha um assunto sequer, sobre o qual não podíamos falar horas a fio.
Na maioria dos momentos estávamos conversado atrás de uma tela. E quantas vezes eu
chorei lendo suas palavras. Quantas vezes você foi minha única companhia no mundo.

Você ficou quando todos pareciam ter partido.

Ainda tento entender. Em que momento nos tornamos tão diferentes? Em que passo mudamos
nossas direções, e porque cada um seguiu um rumo? Não foi de uma vez, foi pouco a pouco,
semana a semana, ano após ano. E hoje mal nos reconhecemos.

É difícil sem você aqui.

Ainda não sei, não entendo, não quero.
Mas o amor, é o velho amor, ainda e sempre!

Resultado de imagem para amor